deO Coronavírus (nCoV-2019) foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Aqui no brasil, em 22 de janeiro, Ministério da Saúde ativou  o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública. Sendo o Coronavírus um problema de todos, a Girassol traz neste post as orientações sobre higienização de mãos e limpeza e desinfecção de superfícies encontradas no Boletim Epidemiológico, elaborado pelo Ministério da Saúde – Infecção Humana. Vamos lá?

Higienização de mãos

Entre as medidas de prevenção padrão estão as já conhecidas precauções para prevenir a propagação do Coronavírus, como a higienização de mãos, seguindo as ações abaixo:

  • Proceder à frequente higienização das mãos, por pelo menos 20 segundos.
  • Utilizar as preparações alcoólicas para higienização das mãos, a base de álcool 70% (gel, spray) para uso frequente.
  • Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas, 
  • cobrir com um lenço de papel boca e nariz ao tossir ou espirrar,
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Leia também: Contaminação em supermercados: como evitar com a higienização de mãos

Confira no próximo parágrafo, informações sobre limpeza e desinfecção de superfícies.

Limpeza e desinfecção de superfícies

O Serviço de Limpeza e Desinfecção de Superfícies em Serviços de Saúde compreende a limpeza, desinfecção e conservação das superfícies fixas e equipamentos permanentes das diferentes áreas. 

Os princípios básicos para a limpeza e desinfecção de superfícies em serviços de saúde são a seguir descritos no Manual da Anvisa para a Limpeza e Desinfecção de superfícies, destacando-se:

  • O uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) deve ser apropriado para a atividade a ser exercida. 
  • Nunca varrer superfícies a seco, pois esse ato favorece a dispersão de microrganismos que são veiculados pelas partículas de pó. Utilizar a varredura úmida, que pode ser realizada com mops ou rodo e panos de limpeza de pisos. 
  • Para a limpeza de pisos, devem ser seguidas as técnicas de varredura úmida, ensaboar, enxaguar e secar. 
  • Para pacientes em isolamento de contato, recomenda-se exclusividade no kit de limpeza e desinfecção de superfícies. Utilizar, preferencialmente, pano de limpeza descartável. 
  • Todos os equipamentos deverão ser limpos a cada término da jornada de trabalho. 
  • A frequência de limpeza das superfícies pode ser estabelecida para cada serviço, de acordo com o protocolo da instituição. 
  • Dar atenção especial às superfícies mais tocadas pelas mãos: maçanetas, corrimãos, objetos de uso manual, etc

Leia também: Como limpar pontos contaminantes de banheiros empresariais

Procurando alguma solução para a limpeza do seu hospital, clínica ou consultório? Aqui na Girassol desenvolvemos diversos produtos específicos para a limpeza e desinfecção na área da saúde. Confira:

👉Soluções alcoólicas para as mãos em gel e spray

👉Sabonete Antisséptico Gel e espuma

👉Desinfetante Hospitalar para superfícies fixas e artigos não críticos

👉Detergente Neutro para uso hospitalar (normal e concentrado)

👉Desinfetante Hospitalar a base de hipoclorito de sódio a 1%

Para conhecer a linha completa, baixe nosso catálogo de produtos de Higienização Hospitalar clicando abaixo.

 

   
     

 

 

Deixe um comentário