Diante da pandemia causada pelo COVID-19 é essencial trazer e compartilhar as informações corretas sobre a utilização de produtos desinfetantes eficientes no combate ao vírus, como o álcool 70. O álcool 70 é uma solução alcoólica destinada a higienização das mãos e pode ser encontrado em forma de gel, spray ou espuma.

Somente as soluções alcoólicas registradas pela ANVISA, designadas ao uso nas mãos, possuem em sua composição emolientes e sobre engordurantes que evitam o ressecamento das mesmas após o uso.

A concentração do álcool 70 afeta o poder desinfetante?

Nessa concentração, o álcool etílico possui 70% do volume em relação a todo o conteúdo, sendo o restante, de 30%, composto por água deionizada.

Uma concentração menor do que essa pode servir para a limpeza mais básica de superfícies, mas não tem poder desinfetante contra o COVID-19, por exemplo.

Concentrações mais elevadas também não são indicadas para a utilização nas mãos, já que por ter uma grande concentração de álcool o produto evapora muito rápido e pode não ter tempo de agir contra os agentes nocivos à saúde, também não podendo ser utilizado para esse fim.

É necessário ressaltar que: a utilização de soluções com concentrações mais elevadas de álcool, principalmente as não asseguradas pela ANVISA, também pode ocasionar maior irritabilidade e ressecamento das mãos.

O álcool 70 como desinfetante de superfícies, pode ser utilizado para as mãos?

Não é o ideal. Ele pode desinfetar a área, mas de forma não assegurada pela ANVISA.

Como o produto não foi atribuído para a utilização nas mãos, ele pode ocasionar maior ressecamento e irritabilidade.

É correto utilizar o álcool 70 destinado às mãos em superfícies?

Também não é o ideal.

O álcool 70 destinado às mãos normalmente é mais caro e seu uso em superfícies, mesmo com poder desinfetante, não tem o melhor custo benefício.

Nossa recomendação de desinfetantes próprios para utilização em superfícies são o Multilux BAC – multiuso ultra concentrado bactericida – e Multilux Power – multiuso de limpeza pesada – , principalmente para áreas hospitalares.

Esses produtos, além de serem destinados a esse uso específico, possuem poder bacteriostático, ou seja, possuem efeito residual sobre a superfície evitando a proliferação de agentes nocivos à saúde humana.

Em nosso blog você também pode encontrar Combate ao coronavírus: a importância e passo a passo da limpeza e desinfecção e Propagação do coronavírus: cuidados na higienização de ambientes.

2 Comentários

  1. Avatar
    Valéria Jucely Lemos Della Zuana-Reply
    24 de março de 2020 em 19:06

    Obrigada por disponibilizarem informações técnicas sobre o uso do álcool no combate ao corona vírus.

    • Girassol Química
      26 de março de 2020 em 13:24

      De nada Valéria! Estamos à disposição! Conte com a gente.

Deixe um comentário